Sociedade

Há menos de 200 doentes covid internados em unidades de cuidados intensivos

Lisboa e Vale do Tejo concentra 70% das vítimas mortais e quase metade dos novos casos. Número de internados em UCI é o mais baixo desde outubro. 


Portugal registou, nas íltimas 24 horas, 485 casos do novo coronavírus e 21 vítimas mortais, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta quinta-feira.

A região de Lisboa e Vale do Tejo concentra quase metade dos novos casos: foram 235 nas últimas 24 horas. Segue-se o Norte com 118, o Centro com 51, o Alentejo com 29 e o Algarve com oito. Nos arquipélados da Madeira e dos Açores há 34 e dez novas infeções, respetivamente.

Segundo o boletim, Portugal tem uma incidência de 90,3 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias e Portugal continental de 79,1. O rácio de transmissibilidade (RT) situa-se nos 0,84 em Portugal e nos 0,80 em Portugal continental.

Das 21 mortes contabilizadas, mais de 70% (15) foram também em Lisboa e Vale do Tejo. O Centro e Algarve registaram duas mortes cada e o Norte e Alentejo uma.

Atualmente, estão hospitalizadas 828 pessoas com covid-19, menos 28 do que no dia anterior. As Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), registaram uma queda significativa nas últimas 24 horas: há atualmente 187 pessoas internadas, menos 18 face à véspera. Desde outubro que o números de doentes em UCI não era tão baixo.

Portugal registou, desde o início da pandemia, 816.055 casos do SARS-CoV-2, 34.713 dos quais permanecem ativos e 16.743 fizeram vítimas mortais. Nas últimas 24 horas, 580 pessoas recuperaram da doença, elevando o total para 764.599. Atualmente, as autoridades de saúde têm 15.268 contactos em vigilância.

Veja aqui o boletim na íntegra.