Internacional

Menino de sete anos comove Internet após tentar vender aviões em papel para juntar dinheiro para um telemóvel

Imagem de Arthur, ao lado dos aviões, tornou-se viral e foi amplamente partilhada.


Uma criança, de apenas sete anos, comoveu a Internet, depois de tentar vender aviões em papel numa praça em Cutabão, São Paulo, no Brasil, para conseguir comprar um telemóvel.

Ao G1, a mãe do menino, Marcella da Silva, de 24 anos, contou que não sabia do plano do filho para comprar um novo telemóvel. Depois de o encontrar, triste, na praça, comprou todos os aviões e levou-o para casa.

Segundo a mulher, o telemóvel da criança estragou-se há alguns meses, razão que levou Arthur a sair de casa sem que a mãe percebesse para vender aviões de papel.

“Ele inventou de fazer os aviõezinhos, mas eu não sabia para o que era, não estava entendendo. Ele só ficou o dia todo falando que ia fazer avião de papel”, contou.

Depois de não encontrar o filho em casa, Marcella procurou pelo menino numa praça onde este costuma brincar.

“Quando eu cheguei, ele estava lá, sentado em um banco com os aviões de papel e triste, falando que estava vendendo os aviões, que o pequeno era 0,10 reais, o médio era 0,25 reais e o grande custava 1 real”, recordou, acrescentando que depois de questionar o filho, este lhe contou que estava a vender os aviões para comprar um telemóvel.

Depois de algumas crianças ridicularizarem Arthur, dizendo que ele nunca iria vender os aviões, a mãe decidiu comprar tudo.

“Eu fiquei triste, e falei para ele que compraria tudo por 3 reais, e a gente iria para casa. Ele disse que poderia ser, mas falou que o dinheiro que eu dei não daria para comprar um celular”, contou.

Nas redes sociais, os utilizadores ficaram comovidos com a história do menino e vários procuraram a mãe para ajudar a criança. A imagem de Arthur, ao lado dos aviões, tornou-se viral e foi amplamente partilhada.

“Agora, as pessoas estão me enviando quantias em dinheiro para ajudar ele a comprar esse celular. Eu não sabia que esses aviões iam voar tão longe, e foi longe demais. Ele fala que está famoso, todo feliz”, comentou.