Sociedade

Homem viola confinamento obrigatório e é apanhado pela GNR a circular na via pública

Homem ausentou-se do domicílio. 


Um homem, de 46 anos, foi detido pela GNR, na localidade de Ílhavo, por violação do confinamento obrigatório a que estava sujeito, no âmbito da pandemia de covid-19.

Em comunicado, esta segunda-feira, a força de segurança explica que os factos ocorreram no dia 20 de março. No decorrer de uma ação de policiamento para a verificação do dever de confinamento obrigatório, os militares deslocaram-se à residência do homem, onde verificaram que este se tinha ausentado do domicílio.

“No decorrer das diligências policiais, o suspeito foi localizado a circular na via pública”, revela a GNR.

O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos para o Tribunal Judicial de Ílhavo.

A GNR recorda que a violação do confinamento obrigatório constitui crime de desobediência.