Desporto

Paços de Ferreira aguarda por decisão do tribunal para punir dois jogadores detidos numa festa ilegal

João Pedro e David Suahele foram detidos na madrugada de domingo numa festa ilegal em Ofir, Esposende. 

Os jogadores da equipa do Paços de Ferreira, João Pedro e David Suahele, foram detidos na madrugada de domingo pela Guarda Nacional Republicana (GNR) durante uma operação policial que detetou uma festa ilegal numa vivenda arrendada para tal, em Ofir, Esposende.

O clube anunciou, esta segunda-feira, que vai esperar pelas decisões das autoridades judiciais para instaurar processos disciplinares aos jogadores detidos por violação das regras de confinamento.

No comunicado divulgado no site, o clube da I Liga disse que está a aguardar pela “decisão das medidas a tomar pelas autoridades judiciais para instaurar um processo disciplinar aos referidos atletas, de acordo com as suas normas internas de funcionamento".

Na operação, a GNR abordou cerca de 30 pessoas envolvidas na festa ilegal, levantou 25 contraordenações e ainda deteve três pessoas, duas das quais os jogadores do Paços de Ferreira, por reincidência no incumprimento das medidas de contenção da pandemia de covid-19.

Os detidos estiveram presentes hoje no Tribunal de Esposende a prestar declarações.