Sociedade

Suspeito de violência doméstica agride com murros agente da PSP

Homem apresentou "postura agressiva e pouco colaborante" ao ser interpelado pela PSP em Espinho.


A PSP deteve um homem, de 23 anos, pelo crime de resistência e coação sobre funcionário, em Espinho.

Num comunicado da força de segurança, citado pelo site Notícias ao Minuto, os agentes deslocaram-se para o local da ocorrência, depois de uma “comunicação telefónica” que dava conta da prática de um crime de violência doméstica. A PSP contactou a vítima, “que informou que o suspeito se havia colocado em fuga”.

O homem foi "intercetado na via pública" e, ao ser interpelado pelos polícias, apresentou "uma postura agressiva e pouco colaborante". Depois de não facultar qualquer documento que o identificasse, o suspeito foi conduzido à Esquadra de Espinho, para efeitos de identificação.

Já nas instalações da PSP, o “suspeito manteve um comportamento hostil, tendo desferido murros na face de um polícia, que provocaram diversos hematomas, pelo que, foi-lhe dada voz de detenção”.

O homem foi presente a Tribunal esta quarta-feira, desconhecem-se ainda as medidas de coação aplicadas.