Desporto

Telma Monteiro e Miguel Oliveira são os atletas do ano

A Confederação do Desporto de Portugal entregou os prémios à judoca e ao piloto, que repetem o galardão.

Telma Monteiro venceu pela quinta vez o prémio de atleta do ano, contando já no seu portefólio com as edições de 2010, 2011, 2014 e 2016. Aos 35 anos, a judoca, que foi medalha de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, e prata nos Europeus de 2020, bateu Auriol Dongmo, atleta do lançamento do peso, a ginasta Filipa Martins, a ciclista Maria Martins e a canoísta Joana Vasconcelos.

"É um prémio para todos os atletas que, nestas circunstâncias, continuam a treinar, que fazem da sala ou da garagem de casa o seu espaço de treino, o seu ginásio, o seu tapete ou área de competição. Quero partilhar o meu prémio com todas as nomeadas e com todos os atletas que não têm desistido. Na hora certa, tenho a certeza de que seremos recompensados", revelou Telma Monteiro em discurso.

Na secção masculina do galardão, Miguel Oliveira foi o vencedor da noite, conquistando o troféu pela quarta vez, contando já com os galardões de 2015, 2017 e 2018. O piloto, de apenas 26 anos, foi o primeiro português a vencer uma corrida no Mundial de MotoGP, tendo triunfado na Áustria e em Portimão. Pela frente tinha o canoísta Fernando Pimenta, o ciclista João Ameida, o piloto Filipe Albuquerque e o futebolista Cristiano Ronaldo.

"Estar neste lote de atletas tão honrados no desporto nacional já é, por si só, um grande prémio. Desejo [a todos os atletas] um 2021 ainda melhor que 2020 e que a nossa bandeira suba alto no pódio. Espero ver-vos em breve, no lugar que todos nós merecemos", disse Monteiro, através de uma mensagem de vídeo.

A eleição dos vencedores deu-se através de uma votação pública, com acesso a uma lista definida por um júri nomeado pelas diferentes federações desportivas.