Economia

Confinamento faz consumo de eletricidade pelas famílias crescer 21%

Consumo de gás natural pelas famílias também cresceu. Nos serviços, ambos os consumos diminuíram.

A consequência era inevitável: com os portugueses mais tempo em casa, o consumo de energia cresceu. Quem o garante é a ADENE – Agência para a Energia, que revela que o consumo de eletricidade no setor doméstico aumentou 21% em fevereiro face ao mesmo mês do ano passado.

Por outro lado, o setor dos serviços registou uma quebra de 23%.

No mesmo mês, o consumo de gás natural também registou um crescimento de 22% no setor doméstico, “efeito das medidas de confinamento”. No setor dos serviços, foi registada uma descida de 20%.

No que diz respeito ao petróleo, a ADENE lembra que “as restrições às deslocações continuaram em vigor durante o mês de fevereiro”, fazendo-se sentir no consumo de derivados do petróleo. Assim, foram registadas quebras de 27% no gasóleo, 39% na gasolina e 81% no jet fuel, face ao período homólogo.