Politica

Parlamento aprova 14.º decreto do Estado de Emergência

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai falar ao país às 20h desta quinta-feira. 


O Estado de Emergência vai prolongar-se até dia 15 de abril. Assembleia da República aprovou o 14º decreto, com os votos a favor de PS, PSD, CDS, PAN e Cristina Rodrigues. Já PCP, PEV, Chega e Joacine Katar Moreira votaram contra e o BE voltou a abster-se. João Cotrim Figueiredo, da Iniciativa Liberal, não marcou a sua presença no momento da votação.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai falar ao país às 20h desta quinta-feira. 

De realçar que o projeto de decreto, enviado ontem por Marcelo Rebelo de Sousa para o Parlamento, é semelhante ao que está em vigor, tendo sido acrescentado alguns pormenores às normas sobre o controlo de preços dos testes à covid-19, para impedir especulação e açambarcamento, e também o tratamento de dados pessoais.