Sociedade

"Magnífico gesto de solidariedade". Costa agradece a equipa médica militar alemã

Profissionais de saúde regressam esta sexta-feira à Alemanha. 


No dia em que os profissionais de saúde alemães que estiveram a ajudar no combate à pandemia da covid-19 abandonam Portugal, o primeiro-ministro, António Costa, agradeceu o “magnífico gesto de solidariedade europeia”.

"Agradeço à equipa médica militar alemã que ao longo de seis semanas trabalhou lado a lado com os nossos profissionais de saúde no combate à Covid-19 Foi um magnífico gesto de solidariedade europeia. Vielen Dank", escreveu o primeiro-ministro numa publicação partilhada no Twitter, esta sexta-feira.

A equipa que hoje deixa o país foi a segunda a operar em Portugal, em substituição da que chegou no dia 3 de fevereiro.

Cada comitiva alemã foi constituída por 26 profissionais de saúde, entre os quais oito médicos. A primeira equipa trouxe 40 ventiladores móveis e 10 estacionários, 150 bombas de infusão e camas hospitalares. As equipas ficaram no Hospital da Luz, em Lisboa, na Unidade de Cuidados Intensivos.

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, o ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho e o Embaixador da Alemanha em Portugal, Martin Ney, marcam presença na despedida.