Internacional

Mais de 125 milhões de pessoas já foram infetadas pelo SARS-CoV-2

Só nas últimas 24 horas, registaram-se mais 10.884 óbitos e 629.630 infeções. Os países com mais mortes por 100 mil habitantes localizam-se todos na Europa.

Desde que o novo coronavírus – o SARS-Cov-2 – foi identificado na China, em dezembro de 2019, já foram registados 125.453.950 casos de contágio em todo o mundo, que resultaram em 2.756.395 mortes, segundo uma contagem da agência France-Presse (AFP).

Só nas últimas 24 horas, registaram-se mais 10.884 óbitos e 629.630 infeções, um aumento face aos números divulgados pelas autoridades sanitárias de cada país na quinta-feira – 10.063 mortes e 624.777 casos.

Das quase 11 mil mortes registadas na quinta-feira, 2.777 ocorreram no Brasil, 1.249 nos Estados Unidos da América (EUA) e 584 no México.

Os EUA são o país do mundo mais afetado pela pandemia, tanto em número de mortes como de casos, com 546.822 mortes e 30.079.285 contágios. Segue-se o Brasil (303.462 mortes em 12.320.169 casos), o México (200.211 em 2.214.542), a Índia (160.949 em 11.846.652) e o Reino Unido (126.445 em 4.319.128).

Segundo a AFP, a República Checa é o país do mundo com mais mortes por cada 100 mil habitantes: 239. Segue-se a Hungria com 199, a Bélgica com 197, Montenegro com 196 e a Eslovénia com 192.