Internacional

UE pode bloquear exportação de vacinas para o Reino Unido se AstraZeneca não cumprir contrato

UE ameaça bloquear exportações de vacinas. 

A Comissão Europeia ameaça bloquear a exportação de vacinas contra a covid-19 da AstraZeneca para o Reino Unido até que a farmacêutica anglo-sueca cumpra o contrato com os 27 estados-membros.

De acordo com o Financial Times, Thierry Breton, comissário europeu para o mercado interno, a produção de duas fábricas da AstraZeneca em território comunitário, nomeadamente na Bélgica e na Holanda, vai ser distribuída na União Europeia até que os compromissos da farmacêutica sejam cumpridos, só depois haverá exportações para o Reino Unido. Segundo o responsável, a produção destas duas fábricas coincide “mais ou menos” com o que está contratualizado com os estados-membros.

“Não há nada para negociar (…) Se [a AstraZeneca] produzir mais, não temos nenhum problema, mas enquanto não cumprir o compromisso que tem connosco, as doses ficam na Europa”, disse Thierry Breton ao Financial Times.

O mesmo jornal entrou em contacto com fonte do Governo britânico, que considerou que os comentário de Thierry Breton “são uma desilusão”. “A única forma de vencer a pandemia é encontrando soluções win-win”, referiu.

“A imposição de controlo de exportação e o derespeito dos contratos legais só prejudicará os esforços globais para aumentar a produção de vacinas e combater o vírus”, afirmou a mesma fonte.

Recorde-se que a Agência Europeia do Medicamento (EMA) deu luz verde à utilização da vacina da AstraZeneca na União Europeia a 29 de janeiro, a terceira a ser aprovada pelo regulador europeu. Contudo, a farmacêutica tem sido alvo de críticas pelos atrasos nas entregas na Europa.