Vida

Channing Tatum confessa que teve medo de não conseguir conectar-se com a filha após divórcio

Ator, que se prepara para lançar um livro infantil, falou da relação que tem com a filha. 

Channing Tatum confessou que ficou preocupado com a relação que passaria a ter com a filha, Everly, de sete anos, depois de se divorciar de Jenna Dewan, a mãe da menina.

Em entrevista à revista Parents, o ator, de 40 anos, aconselhou outros pais que estejam a passar pela mesma situação, encorajando-os a conectar-se com pequenas coisas que são consideradas mais femininas, sem receios.

“Quero que os pais não tenham medo de entrar no mundo das suas filhas e descobrir quem elas são", afirmou o ator, conhecido por protagonizar filmes como Magic Mike ou Step Up. "Quando me tornei pai a solo, tive muito medo de me conectar com a Everly de todas as maneiras que uma menina poderia desejar. Não usava verniz nas unhas e não sabia fazer tranças no cabelo”, acrescentou.

"Mas agora faço os dois. Entrei a pés juntos nesse mundo mágico e fui recompensado com um tipo de amor que não acho que seria capaz de ter de outra forma", confessou, explicando que pinta a cara com a filha, faz tatuagens e “raramente fica em casa sem algum tipo de fantasia”.

De realçar que o ator, que se prepara para lançar um livro infantil no próximo mês - 'The One and Only Sparkella’ - casou-se com Jenna Dewan em 2009 e divorciou-se em abril de 2018.