Sociedade

PJ detém agricultor suspeito de matar homem e de ferir filha deste em Tabuaço

Suspeito disparou em direção ao corpo de um homem e uma mulher, pai e filha, vindo a atingir mortalmente o primeiro. 


A Polícia Judiciária (PJ), com a colaboração da GNR, deteve o agricultor suspeito de matar um homem a tiro e de deixar ferida a filha deste, em Tabuaço.

Em comunicado, esta quarta-feira, a PJ recorda que os factos ocorreram no dia 05 de abril, por volta das 15h45, na localidade de Valença do Douro, em Tabuaço, quando o arguido, “na sequência de um eventual desentendimento, muniu-se de uma arma de fogo e disparou em direção ao corpo de um homem e uma mulher (pai e filha), com idades de 63 e 28 anos, vindo a atingir mortalmente o primeiro”.

O detido, com 74 anos, vai ser presente às Autoridades Judiciárias competentes, para interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação, tidas por adequadas. É suspeito dos crimes de homicídio e homicídio tentado.