Sociedade

Mais de 50 pessoas detidas e milhares de multas em fiscalizações ao confinamento

Dados são referentes ao período entre 15 de março e 6 de abril.


A PSP e a GNR detiveram, entre 15 de março e 6 de abril, 55 pessoas e registaram 11.787 autos de contraordenação durante as ações de fiscalização no âmbito do estado de emergência, anunciou, esta quinta-feira, o Ministério da Administração Interna.

A maioria das contraordenações são referentes ao incumprimento do dever geral de recolhimento domiciliário (5.817) e à proibição de circulação entre concelhos (2.710). Foram também instaurados 1.521 autos por consumo de bebidas alcoólicas na rua e 529 por incumprimento do uso de máscara em espaços públicos.

Doze das 55 detenções pelo crime de desobediência devem-se à violação da obrigação de confinamento obrigatório.

Durante o mesmo período de tempo, 81 estabelecimentos foram encerrados por incumprimento das normas estabelecidas. 

"Dando cumprimento às determinações do decreto que regulamenta o estado de emergência, a GNR e a PSP têm desenvolvido uma intensa atividade de sensibilização, vigilância e fiscalização junto da população", afirma, em comunicado, o ministério tutelado por Eduardo Cabrita.