Economia

Montepio: Tribunal da Concorrência reduz coimas

Tribunal da Concorrência reduziu de mais de cinco milhões para pouco mais de dois milhões as coimas aplicadas ao Montepio. 


O Tribunal da Concorrência reduziu de mais de cinco milhões para pouco mais de dois milhões as coimas aplicadas ao Montepio e a sete antigos administradores pelo Banco de Portugal (BdP).

Já o antigo presidente do Montepio António Tomás Correia viu a coima reduzida de 1,4 milhões para 375 mil euros, e também suspensa em metade do seu valor, tendo sido absolvido da condenação por irregularidades nos mecanismos de prevenção de branqueamento de capitais e terrorismo.