Vida

Atriz acusa James Franco de ser um "predador sexual"

"Franco tem uma longa história de predação de crianças", apontou Charlyne Yi.

Charlyne Yi, conhecida por dar vida a Dr.ª Chi Park na série 'House', acusou James Franco de ser "um predador sexual" e de ter uma "uma longa história de predação de crianças". A atriz norte-americana revelou ainda que foi vítima de uma tentativa de suborno quando se recusou a participar num filme com o ator.

"Quando tentei colocar fim ao contrato legal e sair de 'The Disaster Artist', porque James Franco é um predador sexual, eles tentaram subornar-me com um papel maior. Eu chorei e disse que isso era exatamente o oposto do que eu queria, que não me sentia segura a trabalhar com um predador sexual de merda", escreveu na sua página de Instagram.

"Eles minimizaram a situação e disseram que Franco foi um predador no passado e que ele mudou, quando eu ouvi falar dele a abusar de mulheres jovens naquela semana", continuou.

A atriz acrescentou que "Seth Rogen foi um dos produtores deste filme, então ele definitivamente sabe sobre o suborno e porque eu quis sair. Seth também fez um sketch no 'Saturday Night Live' com Franco, permitindo que ele atacasse crianças. Logo após Franco ter sido apanhado".

"Franco tem uma longa história de predação de crianças", apontou.

Em 2019, Franco foi acusado por duas estudantes de tentar "criar um canal de mulheres jovens que eram submetidas à sua exploração sexual pessoal e profissional em nome da educação". As estudantes alegaram que o ator intimidava futuras atrizes e as obrigava a fazer cenas de sexo explícitas durante as aulas. James Franco negou sempre as acusações. Em fevereiro de 2021, as queixas foram retiradas após um acordo do ator com as estudantes.