Sociedade

Petição pública para afastar Ivo Rosa da magistratura conta com mais de 130 mil assinaturas

A petição surge após o juiz ter decidido, na passada sexta-feira, que José Sócrates irá ser julgado apenas por seis dos 31 crimes de que estava indiciado.

A petição pública que pede o afastamento do juiz Ivo Rosa, responsável pelo caso Operação Marquês, da magistratura, "face à sua parcialidade e consecutivos erros judiciais ao Estado", conta já com mais de 130 mil assinaturas, às 13h deste domingo.

O autor da petição afirma que Ivo Rosa "não tem perfil, rigor e equidade" para exercer o cargo de juiz e acusa-o de ter violado várias artigos da Lei do Estatudo dos Magistrados Judiciais e o compromisso ético dos juízes portugueses.

"A conduta do Sr. Juiz Ivo Rosas já foi várias vezes posta em causa por parte do MP, por este sistematicamente violar as Leis, e criticado por Juízes desembargadores sobre decisões tomadas.", lê-se.

A petição surge após o juiz ter decidido, na passada sexta-feira, que José Sócrates irá ser julgado apenas por seis dos 31 crimes de que estava indiciado, três de branqueamento de capitais e outros três de falsificação de documentos.

"Perante todas as provas já produzidas, quer nos vários acórdãos na Justiça, quer nos meios de comunicação social, sobre a dúbia conduta deste Sr. Juiz Ivo Rosas subscrevemos que o mesmo não têm condições para ficar à frente do Processo "Operação Marquês", conclui a petição.