Vida

Piers Morgan diz que Sarah Ferguson o apoiou após declarações sobre Meghan Markle

Em causa está o facto de o apresentador ter abandonado o programa Good Morning Britain.


O jornalista britânico Piers Morgan anunciou, no domingo, que recebeu mensagens de apoio de Sarah Ferguson, ex-mulher do príncipe André, após ter "sido forçado a abandonar" o programa Good Morning Britain (GMB) por causa de críticas feitas à entrevista de Meghan Markle e Harry à Oprah.

"Nem todas as duquesas da realeza ficaram tão entusiasmadas como a Meghan 'Pinóquio' Markle por me verem a abandonar o GMB", escreveu Piers na sua coluna do jornal Daily Mail.

Segundo o também apresentador, a duquesa de York mandou-lhe mensagens a avisar que as pessoas sentiam falta dele e que ambos até poderiam começar a fazer um programa juntos.

"'As pessoas têm dito o quanto sentem falta da tua alegria e humor matinal', escreveu-me Sara, duquesa de York, 'Volta para aqui'. Se calhar deviamos começar um programa matinal juntos... 'Morgy e Fergie pela manhã', o que me dizem?", contou Morgan.

Esta não é a primeira vez que Piers Morgan afirma que recebeu apoio da realeza. Numa participação no programa Extra, disse que teve "algumas mensagens de vários membros da Família Real". Questionado sobre se o apoio vinha de membros sénior da família, o apresentor afirmou só que não iria nomear quem foi, mas que estava "grato por alguém se impor". 

Recorde-se que após a entrevista dos duques de Sussex à Oprah, Piers Morgan abandonou o GMB em direto  depois de Alex Beresford, o co-apresentador, criticar a sua postura em relação a Meghan Markle e o facto de afirmar que não gostava da duquesa. No mesmo dia, apresentou o seu pedido de demissão.