Sociedade

Norte é a região que já administrou mais vacinas, mas Alentejo e Centro têm o processo mais avançado

Só 10% da população portuguesa com mais de 80 anos ainda não recebeu qualquer vacina.

Mais de 632 mil pessoas já têm a vacinação completa contra a covid-19 em Portugal, mais 52 mil do que na semana anterior, de acordo com o mais recente relatório de vacinação contra a covid-19 divulgado esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS).

O relatório indica que, desde o início da vacinação em dezembro e até ao dia 11 de abril, 632.242 pessoas (6%) receberam duas doses de uma das vacinas contra a covid-19, mais 52.028 na última semana.

No total, 1.588.315 pessoas – 15% da população - já foram vacinadas com uma dose, mais 252.568 face ao último relatório.

Portugal já recebeu 2.684.460 de doses de vacinas, tendo administrado 2.360.167.

O relatório hoje divulgado mostra ainda que 51% das pessoas com mais de 80 anos (344.738) já têm inoculação completa, enquanto 90% (606.919) já receberam a primeira dose.

No grupo dos 65 aos 79 anos, 3% das pessoas (56.003) têm a vacinação completa e 27% (436.576) já foram vacinadas com a primeira dose. Já na faixa etária dos 50 aos 64 anos, 4% (83.574) já recebeu as duas doses e 12% (267.454) a primeira dose.

Dos 25 aos 49 anos, 4% das pessoas (136.392) também já têm a vacinação completa e 8% (254.792) receberam a primeira dose. 3% (22.282) da população entre os 18 e os 24 anos também já tem a vacinação completa e 2% (11.321) recebeu a primeira dose. Por outro lado, 288 jovens (0%) com menos de 18 anos (16-17) que receberam autorização já tomaram a primeira dose da vacina e 214 (0%) já foram inoculados com as duas doses.

A região Norte é a que mais vacinas já administrou, num total de 722.267, mais 94.779 que na semana anterior.  

Contudo, as regiões onde o processo está mais avançado são o Alentejo, onde 20% das pessoas tomaram a primeira dose e 10% as duas, e o Centro, com 20% da população com uma dose e 9% com a vacinação completa.

O processo está mais atrasado nos Açores, onde apenas 9% das pessoas tomaram a primeira dose e 5% tem a vacinação completa. No entanto, o relatório indica que foi identificado pela entidade responsável nesta região autónoma um atraso entre as vacinas administradas e o seu registo, pelo que os indicadores apresentados poderão estar subestimados.

Seguem-se Algarve, onde 13% das pessoas tomaram a primeira dose e 5% tem a vacinação completa, Lisboa, com 14% e 5%, respetivamente, e o Norte, com 15% e 5%. Na Madeira, 17% da população já recebeu a primeira dose e 7% tem a vacinação completa.

Consulte aqui o relatório na íntegra.