Sociedade

Assembleia Municipal de Lisboa aprova retoma do pagamento de estacionamento

PS, BE e oito deputados municipais independentes votaram a favor.

A Assembleia Municipal de Lisboa aprovou, esta sexta-feira, a retoma do pagamento do estacionamento na via pública tarifado pela EMEL a partir de quarta-feira. PS, BE e oito deputados municipais independentes votaram a favor, enquanto CDS-PP, PCP, PAN, PEV, MPT, PPM e dois independentes se abstiveram.

Também os veículos com dísticos “que tenham atingido o termo da validade no período entre 15 de janeiro de 2021 e 14 de abril de 2021” vão poder continuar a aceder “aos lugares exclusivos a residentes nas zonas indicadas no dístico até 30 de abril de 2021”.

A proposta da Câmara de Lisboa estabelece ainda o prolongamento, até ao final do ano, “da gratuitidade do estacionamento para as equipas de saúde das unidades do Serviço Nacional de Saúde diretamente envolvidas no combate à pandemia, a operacionalizar através da Administração Regional de Saúde e das Administrações do centros hospitalares e a concretizar na proximidade do seu local de trabalho em parques de estacionamento da EMEL, em parques concessionários ou na via pública”.