Internacional

OMS: "Risco de coágulos sanguíneos é maior se tiver covid do que se for vacinado com a AstraZeneca"

Declarações da OMS surgem na altura em que a Europa ultrapassa um milhão de mortes por covid-19.


Já morreram mais de um milhão de pessoas devido ao novo coronavírus na Europa, desde o início da pandemia, em 2020. A Organização Mundial da Saúde (OMS) sublinha que a situação continua "séria", com cerca de 1,6 milhões de casos registados semanalmente no continente, e alerta para a importância da vacinação, mesmo com o fármaco da AstraZeneca. 

Em declarações aos jornalistas numa visita à Grécia, o diretor da OMS para a Europa, Hans Kluge, apontou para "os primeiros sinais de que a transmissão pode estar a regredir em alguns países" realçando "uma tendência decrescente" de casos em pessoas mais velhas. Segundo Kluge, as mortes por covid-19 de pessoas com mais de 80% diminuiram 80% por causa da priorização nos planos de vacinação.

O diretor sublinhou ainda que a OMS recomenda a vacina da AstraZeneca para "todos os adultos elegíveis", afirmando que "por enquanto, o risco de sofrer coágulos sanguíneos é muito maior para alguém com covid-19 do que para alguém que tomou a vacina da AstraZenca".

"Que não haja dúvidas sobre isso, a vacina da AstraZeneca é eficaz na redução da hospitalização por covid-19 e na prevenção de mortes", rematou.