Vida

Michael B Jordan revela que cada vez se "preocupa menos" com as críticas

“Eu nunca vou fazer toda a gente feliz. As pessoas irão sempre ter as suas opiniões sobre mim”, sublinhou.


Michael B Jordan tem-se “preocupado menos” com as críticas feitas ao seu trabalho. Em entrevista à revista Men’s Health UK, o ator afirmou que, com a idade, percebeu que “nunca iria fazer toda a gente feliz”.

“Apesar de todo o meu sucesso, irá sempre haver reações e opiniões negativas sobre mim”, disse o ator de 34 anos. “Quando és mais jovem, ficas frustrado, mas quando percebes que as coisas são assim, começas a entender”.

“Eu nunca vou fazer toda a gente feliz. As pessoas irão sempre ter as suas opiniões sobre mim”, sublinhou.

Jordan, conhecido por interpretar Donnie Creed nos filmes de boxe Creed, afirmou ainda que “as pessoas inventam coisas falsas, sem fundamento nenhum” e que “não pode fazer nada sobre isso”. “No entanto, conforme fiquei mais velho e um pouco mais maduro e confortável na minha própria pele, fiquei menos preocupado com isso”, observou.

Na entrevista, o também produtor abordou a morte de Chadwick Boseman, com quem contracenou nos filmes Black Panther, e o impacto que teve na sua vida. Recorde-se que o ator morreu no final de agosto, aos 43 anos, vítima de um cancro do cólon.

“O que eu deixo para trás é algo em que eu penso muito. Este último ano fez-me pensar muito sobre isso. Toda a gente já viveu uma perda, de uma maneira ou outra. Eu perdi um amigo no Chadwick. Há muitas coisas que eu quero realizar, e sei que o tempo é limitado e a vida é curta. Tento não ter isso como garantido”, afirmou.