Internacional

Idosa morre após ser agredida com tijolo na cabeça ao pedir a participantes de festa para pararem com barulho

Polícia ainda não fez qualquer detenção. 


Uma mulher, de 80 anos, morreu, esta segunda-feira, no hospital onde se encontrava internada, na sequência de uma agressão em Penápolis, São Paulo. A idosa foi agredida com um tijolo na cabeça, depois de pedir aos participantes de uma festa que parassem de fazer barulho.

A idosa encontrava-se internada há cerca de oito dias, mas não conseguiu resistir aos ferimentos provocados pela agressão.

Segundo o registo da ocorrência, a Polícia Militar brasileira foi chamada a uma emergência médica, onde acabaram por encontrar a idosa a ser assistida.

A vítima relatou que foi agredida com um pau e com um tijolo, depois de pedir às pessoas que estavam numa festa para diminuírem o ruído, uma vez que não conseguia dormir.

As autoridades realizaram buscas para tentar encontrar uma mulher, suspeita da agressão, mas até agora não foi feita qualquer detenção.

A polícia continua a investigar o caso.