Sociedade

Funcionário de instituição detido por abusos sexuais de pessoa incapacitada

 “A vítima, com 34 anos de idade, terá sido sujeita a atos sexuais de relevo em diversas ocasiões, pelo abusador”, um auxiliar de ação direta, explica a Polícia Judiciária. 


A Polícia Judiciária (PJ) de Leiria deteve, na quarta-feira, um funcionário de uma instituição da zona de Alcobaça pela suspeita da prática de crimes de abuso sexual de uma pessoa incapacitada ali internada.

Segundo um comunicado da PJ, esta quinta-feira divulgado, “a vítima, com 34 anos de idade, terá sido sujeita a atos sexuais de relevo em diversas ocasiões, pelo abusador”, um auxiliar de ação direta.

“O conhecimento dos factos foi recente, tendo sido desenvolvidas diligências investigatórias de imediato, que sustentaram a emissão de mandados de detenção, pela Autoridade Judiciária competente.”, lê-se.

O suspeito, de 43 anos, colocou-se “em fuga após o cometimento dos abusos”, tendo sido posteriormente localizado e detido pela PJ. Irá ser presente às autoridades judiciárias competentes para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas