Sociedade

Cavaco volta a falhar comemorações do 25 de Abril

Em 2020, ex-chefe de Estado 'desculpou-se' com a pandemia.


O antigo Presidente da República Aníbal Cavaco Silva não vai participar nas comemorações do 25 de Abril no Parlamento e já terá informado a Assembleia da República que não estará presente.

Sublinhe-se que já no ano passado, o ex-chefe de Estado tinha falhado a cerimónia, justificando a ausência com a covid-19 e com o facto de fazer parte de grupo de risco em razão de idade.

Em 2021 volta a não comparecer e a explicação apresentada terá sido semelhante: evitar locais com muita gente.

Por outro lado, Cavaco Silva marcou presença recentemente na tomada de posse do segundo mandato de Marcelo Rebelo de Sousa como Presidente da República.

Segundo a TVI, o antigo chefe de Estado terá sublinhado que tal acontecimento só ocorria de cinco em cinco anos, ao contrário das cerimónias do 25 de Abril que ocorrem todos os anos.

Sublinhe-se ainda que Cavaco Silva apesar de ter comparecido à tomada de posse do seu sucessor não deixou de provocar polémica, pois não ficou para cumprimentar Marcelo Rebelo de Sousa tendo saído antes do final da cerimónia.