Cultura

Óscares. Eis a lista completa dos vencedores da noite mais especial de Hollywood

'Nomadland- Sobreviver na América' foi o grande vencedor, mas a noite teve mais do que um protagonista. 

A noite mais especial de Hollywood decorreu este domingo, naquela que foi a 93.ª cerimónia de entrega dos Óscares. 'Nomadland- Sobreviver na América' conseguiu três Óscares, mas não houve um vencedor destacado. Já o grande derrotado foi ‘Mank’, que apenas venceu nas categorias de Melhor Direção de Arte e Cenografia.

'Nomadland', de Chloé Zhao, venceu nas categorias de Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Atriz. Chloé Zhao tornou-se na primeira asiática e a primeira não caucasiana a vencer um Óscar na categoria de Melhor Realizador. Além disso, é também a segunda mulher a ganhar um Óscar de realização, em mais de 90 anos de Academia.

Já a Netflix foi o estúdio mais premiado da noite, mas todas as sete estatutetas recebidas dizem respeito a categorias técnicas.

Frances McDormand, ‘Nomadland ‘, foi considerada a Melhor Atriz e Anthony Hopkins, ‘O Pai', venceu o Óscar de Melhor Ator, mas não compareceu à cerimónia.

Pela primeira vez um Óscar de Melhor Atriz Secundária foi entregue a uma atriz sul-coreana, neste caso a Yuh-Jung Youn, pelo papel de Soonja no filme 'Minari'.

Eis a lista de vencedores: 

Melhor filme:

"Nomadland - Sobreviver na América"

Melhor realização:

Chloé Zhao - "Nomadland - Sobreviver na América"

Melhor ator:

Anthony Hopkins - "O Pai"

Melhor ator secundário:

Daniel Kaluuya - "Judas and the Black Messiah"

Melhor atriz:

Frances McDormand - "Nomadland: Sobreviver na América"

Melhor atriz secundária:

Yuh-Jung Youn - "Minari"

Melhor argumento adaptado:

"O Pai"

Melhor argumento original:

"Promising Young Woman - Uma miúda com potencial"

Melhor filme internacional:

"Another Round" - Dinamarca

Melhor filme de animação:

"Soul - Uma aventura com alma"

Melhor curta-metragem de animação:

"If Anything Happens I Love You"

Melhor documentário:

"My Octopus Teacher"

Melhor documentário em curta-metragem:

"Colette"

Melhor curta-metragem:

"Two Distant Strangers"

Melhor cenografia:

"Mank"

Melhor direção de arte:

"Mank"

Melhor montagem:

"Sound of Metal"

Melhor caracterização:

"Ma Rainey: A mãe dos blues"

Melhor guarda-roupa:

"Ma Rainey: A mãe dos blues"

Melhor banda sonora original:

"Soul - Uma aventura com alma", Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste

Melhor canção:

"Fight For You" - "Judas and the Black Messiah"

Melhor montagem de som:

"Sound of Metal"

Melhores efeitos visuais:

"Tenet"