Politica

Altice vai enviar proposta para prolongar serviço SIRESP por 18 meses

A 28 de abril, o ministro da Administração Interna irá ao Parlamento falar sobre a caducidade do contrato celebrado entre a Altice Portugal e o SIRESP e as suas potenciais consequências a curto prazo.


A Altice Portugal vai enviar a proposta técnico operacional para a prorrogação por 18 meses do serviço da rede de comunicações de emergência SIRESP, disse fonte oficial da empresa à Lusa.

A operadora liderada por Alexandre Fonseca confirmou "a existência de reunião" na quarta-feira, "a pedido da empresa, com o Governo, na qual pretendeu demonstrar a sua total disponibilidade e empenho no encontro de um enquadramento que garanta a continuidade dos serviços de gestão da rede de comunicações de emergência após 30 de junho".

A Altice sublinha que a sua "prioridade é, e sempre foi, a segurança da população portuguesa, pelo que a empresa, tal como acordado na referida reunião, fará chegar à SIRESP SA e ao Ministério da Administração Interna (MAI], já esta sexta-feira, 23 de abril, a proposta técnico operacional para a prorrogação do serviço por mais 18 meses".

A cerca de nove semanas de terminar o atual contrato com a SIRESP, "a sua continuidade está dependente agora da definição de um enquadramento legal que servirá de base à extensão do serviço em causa", adiantou fonte oficial.

No próximo dia 28 de abril, o ministro da Administração Interna irá à comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias no âmbito de um requerimento do CDS-PP sobre a caducidade do contrato celebrado entre a Altice Portugal e o SIRESP e as suas potenciais consequências a curto prazo.