Sociedade

Lisboa instala semáforos para daltónicos

Os primeiros do mundo.

A Câmara Municipal de Lisboa anunciou, esta segunda-feira, que instalou “os primeiros semáforos do mundo adaptados a pessoas daltónicas”.

 “Lisboa tem os primeiros semáforos do mundo adaptados a pessoas daltónicas. Com o código ColorADD, pequenos símbolos permitem às pessoas com perturbação visual distinguirem as cores”, pode ler-se na conta oficial do Twitter da autarquia. Atualmente, há semáforos inclusivos no cruzamento da Avenida da República com a Avenida Duque de Ávila, e em mais três locais perto dessa zona, no centro da capital.

O sistema foi criado pelo português Miguel Neiva - designer de Comunicação, com Mestrado em Design e Marketing, e também empreendedor social - e o projeto é fruto de uma parceria entre a EMEL, a ColorADD e a ETRA.

É de lembrar que esta inovação foi considerada pela revista GALILEU, da editora Globo, Brasil, como uma das “40 ideias para melhorar o mundo”.

O código ColorADD está já a ser implementado em vários países por diversas instituições dos diferentes setores económicos da sociedade. Em Portugal já é usado por exemplo na sinalização das bandeiras nas praias ou em ecopontos.