Sociedade

Condenado por pornografia de menores volta a ser detido pelo mesmo crime

Suspeito tinha milhares de conteúdos de pornografia de menores.

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Norte, deteve um homem, de 50 anos, suspeito de crimes de pornografia de menores. Os factos ocorreram desde agosto de 2019 com utilização de plataformas informáticas.

A PJ revela, esta quarta-feira, que a investigação, titulada pelo Ministério Público junto do DIAP de Vila Nova de Gaia, teve início numa sinalização por entidades internacionais relativa à partilha de conteúdos envolvendo pornografia de menores em plataformas na Internet.

“A partilha foi efetuada a partir de acessos registados no nosso país e que mais tarde se veio a apurar ter sido da responsabilidade do agora detido”, lê-se num comunicado da autoridade.

Assim, “na sequência de diligências de obtenção de prova realizadas”, foi possível detetar na posse do arguido “milhares de ficheiros contendo pornografia envolvendo menores, pelo que o mesmo foi detido em flagrante delito”.

O detido, desempregado, com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, pelos quais cumpriu pena efetiva de prisão, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.