Sociedade

Cerca de 120 festas ilegais encerradas pela PSP e GNR desde janeiro

Algumas das festas tinham mais de cem participantes e em muitos dos casos não usavam sequer máscara de proteção.

A PSP e a GNR puseram a fim a cerca de 120 festas ilegais, desde janeiro, quando vigorava estado de emergência com confinamento obrigatório, na sequência da epidemia de covid-19 no país.

A Polícia de Segurança Pública detetou seis festas ilegais em janeiro, 41 em fevereiro, 28 em março e 18 em abril.

A Guarda Nacional Republicana encerrou três festas em janeiro, oito em fevereiro, sete em março e seis em abril.

Algumas das festas tinham mais de cem participantes e em muitos dos casos não usavam sequer máscara de proteção.