Internacional

Primeira-ministra da Irlanda do Norte apresenta demissão

A demissão de Arlene Foster acontece depois de 75% dos membros do seu partido assinarem uma carta em que lhe retiravam a confiança política e apelavam a novas eleições internas.

A primeira-ministra da Irlanda do Norte e líder do Partido Unionista Democrático (DUP), Arlene Foster, anunciou, esta quarta-feira, que renunciou aos dois cargos.

"Há pouco liguei ao presidente do partido para o informar de que tenciono abandonar os cargos de líder do Partido Democrático Unionista no dia 28 de maio e de primeira-ministra da Irlanda do Norte no final de junho", lê-se num comunicado divulgado pelo partido.

"Servir o povo da Irlanda do Norte como primeira-ministra e representar o meu círculo eleitoral de Fermanagh/South Tyrone foi o privilégio da minha vida", acrescentou a ministra. É "importante dar espaço para que, durante as próximas semanas, as chefias do partido possam tomar providências para a eleição de um novo líder".

A demissão de Foster acontece depois de 75% dos membros do seu partido assinarem uma carta em que lhe retiravam a confiança política e apelavam a novas eleições internas.

No início do mês, a Irlanda do Norte foi palco de vários protestos e manifestações devido a tensões crescentes sobre as regras comerciais pós-Brexit.