Internacional

Trump diz que buscas do FBI ao escritório e casa de Rudy Giuliani são "injustas"

Em causa estão suspeitas sobre a relação de Giuliani com oligarcas e altas patentes ucranianas.


O ex-Presidente dos Estados Unidos da América Donald Trump reagiu, esta quinta-feira, às notícias sobre os mandados de busca executados pela polícia norte-americana (FBI) ao escritório e casa do seu antigo advogado Rudolph Giuliani.

"O Rudy Giuliani é um grande patriota, ele faz estas coisas... ele ama este país. E eles fazem buscas no apartamento dele? É tão injusto. São dois pesos e duas medidas. Nunca vi nada assim. É muito, muito injusto", disse Donald Trump à Fox Business.

"Tem que se compreender o Rudy. Ele ama tanto este país. É terrível quando se vê o que se está a passar no nosso país, com a corrupção e os problemas. E vão atrás do Rudy Giuliani. É muito triste, de facto", acrescentou.

O ex-Presidente norte-americano acrescentou ainda não saber “do que é que eles [o FBI] andam à procura” ou que “estão fazer”.

A casa e o escritório do advogado e antigo mayor da cidade de Nova Iorque Rudy Giuliani foram alvo de buscas, na quarta-feira. Em causa estão suspeitas sobre a relação de Giuliani com oligarcas e altas patentes ucranianas.

Segundo o The New York Times, existem suspeitas de que o advogado tentava encontrar informações na Ucrânia sobre os adversários de Trump.