Economia

PIB da zona euro cai 1,8% em termos homólogos e 0,6% em cadeia

PIB português foi o que mais caiu.

A economia da zona euro recuou 1,8% e a da União Europeia (UE) 1,7% no primeiro trimestre do ano, face aos primeiros três meses de 2020, segundo uma estimativa do Eurostat. Comparado com o trimestre anterior, o Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro diminuiu 0,6% e da UE 0,4%, entre janeiro e março.

Em Portugal, o PIB, em termos reais, registou uma variação homóloga de -5,4% no 1º trimestre de 2021 (-6,1% no trimestre anterior), refletindo os efeitos do confinamento geral decretado no início deste ano devido ao agravamento da pandemia.

Na comparação homóloga este é o quarto trimestre consecutivo em que os PIB dos dois blocos recuam, tendo, no entanto, a quebra abrandado face à registada nos últimos três meses de 2020: 4,9% e 4,6%, respetivamente.

De acordo com o gabinete estatístico europeu, na comparação com o trimestre anterior, os decréscimos dos primeiros três meses do ano primeiros trimestres abrandam face às descidas no quarto trimestre de 2020 (-0,7% na zona euro e -0,5% na UE), após uma forte recuperação no terceiro trimestre de 2020 (12,5% na zona euro e 11,7% na UE) e as maiores descidas desde o início da série cronológica em 1995 no segundo trimestre de 2020 (-11,6% na zona euro e -11,2% na UE).