Politica

Isaltino Morais recandidata-se como independente à Câmara de Oeiras

Anúncio foi feito esta tarde nos Jardins do Marquês de Pombal, naquela autarquia.

Isaltino Morais anunciou, esta sexta-feira, a sua recandidatura como independente à presidência da Câmara Municipal de Oeiras, no distrito de Lisboa, nas eleições autárquicas.

O anúncio foi feito esta tarde em conferência de imprensa, nos Jardins do Marquês de Pombal, em Oeiras.

Recorde-se que Isaltino Morais foi eleito presidente da Câmara de Oeiras com 41,68% dos votos nas eleições autárquicas de 2017, encabeçando a lista pelo Movimento Inovar, Oeiras de Volta.

Antes, o autarca, agora com 71 anos, tinha sido eleito, pela primeira vez, para o mesmo cargo em 1985, pelo PSD, tendo renovado os mandatos nas eleições de 1989 até 2009, com uma interrupção de três anos, quando fez parte do Governo, como ministro das Cidades, Ordenamento do Território e Ambiente.

Foi eleito pelo PSD pela última vez em 2001 e, a partir de 2005, continuou à frente da autarquia como independente, abandonando o cargo em 2013 para cumprir pena de prisão por fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Sublinhe-se que o apoio do PSD a uma eventual candidatura de Isaltino Morais ainda esteve em cima da mesa, mas no início deste mês a direção do partido recebeu das estruturas concelhia e distrital a proposta de não se apresentar a votos no concelho e "dar liberdade aos militantes de integrar outras listas".