Economia

AHRESP pede reabertura de todas as atividades do alojamento turístico

Associação congratula ainda o Governo pela mudança na data da última fase de desconfinamento.


A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) apelou à “reabertura de todas as atividades inseridas em unidades de Alojamento Turístico”, como é o caso dos spas.

“Dada a atual situação pandémica, a AHRESP apela ao Governo que permita o exercício de todas as atividades e secções que se encontram inseridas em estabelecimentos de alojamento turístico e que não são permitidas, por força das restrições ainda existentes, o que os impede de exercer a sua atividade de forma plena, como é o caso dos SPA’s”, diz a associação em comunicado.

A AHRESP lembra que os estabelecimentos de alojamento turístico “têm implementado rigorosas medidas sanitárias de controlo da covid-19” e por isso não tem dúvidas que “estão garantidas as medidas necessárias para que esta abertura possa acontecer”.

Quanto ao facto de o Governo ter aplicado a última fase de desconfinamento já a partir das 00h00 deste sábado, a AHRESP diz que esta é uma medida que “dará um novo alento e esperança” aos setores da restauração e similares, “enormemente impactados pela pandemia”, que veem agora o horário alargado e a possibilidade de servir mais clientes.

A AHRESP congratula, assim, a decisão do Governo, mas apela a todos os empresários e clientes “que continuem a ser escrupulosos no cumprimento das regras e boas práticas ao nível das medidas de proteção e combate à pandemia”.

“As atividades de restauração e similares têm demonstrado ao longo desta pandemia saber aplicar todas as regras e boas práticas em termos de saúde pública, cumprindo e fazendo cumprir todas as recomendações nesta matéria, pelo que, numa fase de menor incidência de casos, esta medida vem ajudar as empresas e a economia, sem comprometer os objetivos de combate à pandemia”, lê-se ainda na nota.