Desporto

Champions. Rei leão afia as garras na conquista da Europa

O Sporting enfrenta hoje o Barcelona, em Zadar, na Croácia, pelo título europeu de futsal.

O Sporting entra esta tarde (19h00) em quadra em busca do seu segundo título de campeão europeu de futsal. Depois de dois triunfos – frente aos russos do MTK KPRF Moscovo (3-2) ou, numa tradução livre, equipa do Partido Comunista da Federação Russa, e aos espanhóis do Inter Movistar (5-2), a recordista de vitórias com cinco troféus continentais –, a abrir a final-8 da Liga dos Campeões da modalidade, que está a decorrer na Kresimir Cosic Arena, em Zadar, no sul da Croácia, Sporting tem pela frente o todo-poderoso Barcelona, campeão em título, como derradeiro obstáculo para conseguir trazer de regresso para Portugal o mais importante título por equipas da Europa, repetindo as proezas alcançadas pelo Benfica (na época de 2009/2010) e pelo próprio Sporting (em 2018/2019).

“Perspetivo um jogo difícil, mas entendo que o Sporting tem 50% de probabilidades. É a isso que nos vamos agarrar, sabendo que temos qualidade e que estamos num momento extraordinário. A nossa equipa talvez viva o melhor momento em termos de união e espírito de equipa ao longo de dez anos no Sporting”, disse aos jornalistas o treinador da equipa portuguesa, Nuno Dias.

Em videoconferência de imprensa de antevisão do jogo decisivo, o técnico leonino frisou que, “quando a inspiração não traz resultado, a transpiração vai ajudar e fazer com que as coisas resultem”, garante. Entre muitos elogios dirigidos ao atual plantel do Sporting, Nuno Dias, que está à frente da equipa de futsal do Sporting desde a temporada 2012/2013, confia que os seus jogadores vão dar um boa resposta e, pelo menos, deixar tudo em campo para levarem a melhor sobre os blaugrana: “O Sporting já leva quarenta e tal jogos sem conhecer a derrota, só com três empates. Isso diz bem do caráter, ambição e espírito que esta equipa tem, de querer sempre mais e não relaxar. É com esse espírito de ambição que encaramos o jogo”, afirmou.

Poderoso Barcelona Sobre o adversário, o técnico leonino alertou que “o Barcelona é uma das melhores equipas do mundo, com jogadores de grande nível”. “Tem, em quantidade e qualidade, um dos melhores plantéis do mundo, penso que é a opinião geral de quem conhece e anda no futsal”, disse ainda sobre o adversário. Do plantel dos catalães, faz parte o internacional português André Coelho, atleta que fez carreira em clubes como ABC Nelas, SC Braga e Benfica, antes de se aventurar pelo estrangeiro.

O Barcelona é o atual detentor do troféu, e tenta somar ao currículo o seu quarto título europeu.

Os catalães chegam à final depois de superarem nas eliminatórias prévias os eslovenos do FK Dobovec (2-0) e os cazaques do Kairat Almaty (3-2) – estes últimos “carrascos” do Benfica nos quartos-de-final da competição (venceram os encarnados por 6-2 após prolongamento).