Vida

Elliot Page sofreu ataque de pânico por usar vestido e saltos altos na estreia de Inception

Numa entrevista intimista com Oprah Winfrey, o ator de 34 anos revelou mais pormenores sobre os problemas que enfrentou num corpo de mulher. 


Depois de se assumir como transgénero em dezembro de 2020, Elliot Page continua a revelar vários pormenores da sua vida enquanto mulher.

Numa entrevista intimista com Oprah Winfrey, o ator contou as dificuldades que enfrentou com facto de estar a "usar um vestido e saltos altos em praticamente todos os eventos", nomeadamente na passadeira vermelha no lançamento do filme Inception, no qual contracenou com Leonardo DiCaprio e Joseph Gordon-Levitt.

O seu agente deu-lhe a escolher três vestidos e Elliot, desconfortável, acabou por optar por um vestido assimétrico preto e cinzento para a estreia em Paris. Após a exibição do filme, o ator de 34 anos sofreu um ataque de pânico.

"Naquela noite, após a estreia na 'after party', eu desmaiei. Isso foi algo que aconteceu com frequência na minha vida, geralmente relacionado com um ataque de pânico. Tenho a certeza de que os dois estão relacionados", explicou o ator, citado pelo jornal britânico Metro.

"No final de contas, são todas as experiências que tiveste desde que eras criança, as pessoas a dizer: 'A maneira como tu estás sentada, não é de uma senhora, a maneira como tu andas, estás a andar como um menino, a maneira como tu te vestes...', cada aspeto de quem tu és está a ser visto e colocado numa caixa num sistema muito binário", contou.

Esta não foi a única má experiência numa red carpet do ator. Elliot Page deixou-se emocionar na entrevista no momento em que falou sobre a sua ida aos Óscares em 2008, no qual foi nomeado. "Não foi bom. Foi uma altura muito intensa. Lembro-me de que era impossível dizer às pessoas o quanto eu não estava bem porque obviamente há muita excitação", sublinhou.

"O filme tornou-se inesperadamente num grande sucesso, fiquei muito conhecido, a situação financeira... Todas essas coisas e eu senti que não conseguia expressar o grau de dor que sentia. Nos Óscares, por exemplo, eu não conseguia olhar para uma fotografia daquele tapete vermelho. As pessoas podem ver e ficarem do género: 'Meu Deus, esta pessoa está a chorar por causa da noite em que foi aos Óscares'", relatou o ator.