Sociedade

Portugal é o país da UE com a média de mortes diárias por covid-19 mais baixa

De acordo com o site estatístico Our World in Data, Portugal também tem uma média baixa de novos casos diários por milhão de habitantes nos últimos sete dias. 


Portugal é o país da União Europeia (UE) com menos mortes diárias por covid-19 por milhão de habitantes na última semana e o segundo com menos novos casos, segundo indica o site estatístico Our World in Data.

Em relação à média de mortes, Portugal está com o valor mais baixo, com 0,17 óbitos por um milhão de habitantes nos últimos sete dias.

Quanto à média de novos casos diários, o país só está atrás da Finlândia, com 39,72 novas infeções por covid-19, enquanto os finlandeses estão com uma média de 36,72 por um milhão de habitantes na última semana.

Já nos restantes países da UE, o Chipre é o país com maior média de novos contágios diários (656,14 por milhão de habitantes), seguindo-se a Suécia (498,78), Lituânia (439,91), Croácia (436,62) e Países Baixos (400,68).

Ao observar o resto do mundo, o Uruguai é o país com mais de um milhão de habitantes em situação pior no indicador de novos casos diários, com 724,91 casos por milhão de habitantes nos últimos sete dias, seguido do Bahrain (665,51), Chipre, Cabo Verde (518,77) e Suécia.

Assim, a média da UE encontra-se nos 222,85 novos casos diários por milhão de pessoas, enquanto a média mundial se situa nos 104,11.

Ainda de acordo com o Our World in Data, quando ao indicador das mortes dos países da UE, a Hungria é o que está em piores condições na média diária de óbitos pelo novo coronavírus por milhão de habitantes nos últimos sete dias, com 17,41, seguindo-se pela Bulgária (12,03), Croácia (11,41), Polónia (10,01), Eslováquia (7,09) e Grécia (6,11).

Nos restantes países do mundo, a Macedónia do Norte verifica a maior média de mortes diárias (17,76), seguida da Hungria, Uruguai (16,37) e Bósnia e Herzegovina (15,15).

A média mundial situa-se nos 1,71 e a da UE nos 4,46.

Já em relação à vacinação, Malta é o país com mais pessoas totalmente vacinadas (24,51%), porém, recorde-se que este país tem menos de um milhão de habitantes.

De seguida está a Hungria com 21,5% da sua população completamente vacinada, Lituânia (11,17%), Itália (10,34%) e Eslovénia (10,27%).

Portugal ainda não chegou aos 10%, tendo completado a vacinação apenas de 8,9% da população, valor abaixo da média da UE, que está nos 9,11%, segundo o site estatístico.