Economia

Cerca sanitária obriga empreendimentos turísticos e Alojamento Local a encerrar em São Teotónio e Longueira

Grande parte dos trabalhadores destes estabelecimentos vivem fora da área abrangida pela cerca sanitária 


O Governo deu ordem para encerrar a atividade dos empreendimentos turísticos e estabelecimentos de alojamento local nas freguesias de São Teotónio e Longueira, em Almograve, que estão neste momento em cerca sanitária.

Pelo menos 275 empresas, localizadas nestas freguesias, foram impedidas de laborar, dado que muitos dos seus trabalhadores vivem fora da área abrangida pela cerca sanitária, segundo indicou um despacho do ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital publicado no Diário da República.

Quanto ao setor do alojamento, "muitos operadores económicos viram o seu 'staff' ser reduzido, deixando de poder prestar aos seus hóspedes o serviço de qualidade pelo qual se regem", refere o despacho.

De acordo com o despacho, o encerramento da atividade dos empreendimentos turísticos e dos estabelecimentos de alojamento local que estão dentro dos perímetro da cerca sanitária foi considerado desejável, "tendo em conta as preocupações expressas pelos empresários da região".

Estas entidades exploradoras do setor turístico devem comunicar às forças de segurança e às autoridades de saúde a identidade dos eventuais hóspedes para efeitos da autorização da sua saída.

O despacho manter-se-á em vigor até ao final da cerca sanitária nas freguesias de São Teotónio e Longueira – Almograve.