Politica

Governo "vai levar ao colo" Medina porque não pode perder Lisboa, diz Rio

Líder do PSD admitiu que "não vai ser uma tarefa fácil" vencer a Câmara de Lisboa, mas que por isso a vitória será mais "saborosa".


O presidente do PSD afirmou, esta quinta-feira, que o Governo "vai levar ao colo" o candidato socialista à Câmara Municipal de Lisboa, porque tendo em conta as "guerras e desequilíbrios internos" não pode perder a eleição autárquica na capital.

As declarações de Rui Rio foram feitas na apresentação da coligação autárquica para Lisboa ‘Novos Tempos’, encabeçada por Carlos Moedas, no Jardim da Estrela, que contou com a presença dos líderes do PSD, CDS-PP, PPM, MPT e Aliança.

"Estamos hoje em dia de Benfica-Porto e eu diria, nessa linguagem, que vão por a carne toda no assador em Lisboa. O Governo vai levar o dr. Fernando Medina ao colo na medida do possível e tem contado com algumas ajudas que não devia contar", afirmou.

Admitiu que "não vai ser uma tarefa fácil" vencer a Câmara de Lisboa, mas que isso só dará mais sabor à vitória.

"Mas quanto mais difícil, maior e mais saborosa é a vitória no dia em que acontece. A vitória desta coligação e a eleição de Carlos Moedas vai ser particularmente saborosa", sublinhou.

O líder do PSD criticou ainda o facto de Fernando Medina e Rui Moreira, recandidato à câmara do Porto, manterem o "comentário político nas televisões todas as semanas".

"A democracia e a transparência exigem igualdade de circunstâncias, faço um apelo a que, em nome dos princípios democráticos, todos os candidatos tenham as mesmas condições de disputar com lealdade a eleição de setembro ou outubro", acrescentou.