Sociedade

Jovem forçou rapariga a contactos sexuais durante encontro. Já tinha sido condenado pelo mesmo tipo de crime

Agressor contactou a vítima através das redes sociais. 

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um jovem, de 22 anos, por fortes indícios da prática de um crime de coação sexual, no distrito de Lisboa. 

Em comunicado, a autoridade revela que a investigação apurou que o agressor "contactou a vítima, uma jovem de 18 anos, através das redes sociais, e, após estabelecer uma suposta relação de amizade, levou-a a encontrar-se consigo e forçou-a a contactos sexuais".

O suspeito tem antecedentes criminais e já cumpriu pena de prisão por ilícitos da mesma natureza.

"A investigação às suas práticas delituosas continua, sendo previsível a existência de outras vítimas", informa a PJ.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.