Internacional

Vacina contra a covid-19 da Moderna tem 96% de eficácia em adolescentes

Os voluntários foram observados 35 dias após a administração da segunda dose e a vacina “foi geralmente bem tolerada até àquele dia, sem problemas sérios de segurança”.


A farmacêutica norte-americana Moderna, anunciou, esta quinta-feira, que os primeiros resultados dos testes clínicos realizados nos Estados Unidos da América (EUA) mostraram que a sua vacina contra a covid-19 tem uma eficácia de 96% em adolescentes com idades entre os 12 e os 17 anos.

No estudo participaram 3.235 jovens, dois terços dos quais receberam o fármaco e um terço recebeu um placebo. Segundo um comunicado da empresa, citado pela AFP, os testes clínicos mostraram “ uma taxa de eficácia de 96% entre os participantes que receberam pelo menos uma injeção”.

Os voluntários foram observados 35 dias após a administração da segunda dose e a vacina “foi geralmente bem tolerada até àquele dia, sem problemas sérios de segurança”.

Alguns dos efeitos secundários foram dor no local da injeção, dor de cabeça, fadiga, dores musculares e calafrios.