Sociedade

Prisão preventiva para homem que abusou sexualmente de neta da companheira que tem seis anos

Os factos ocorreram em abril deste ano. 


A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 38 anos por “forte indícios” de abusar sexualmente a neta de seis anos da sua companheira, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo.  

Segundo a investigação da PJ, o abusador partilhava o mesmo teto com a criança, visto que era o companheiro da sua avó, aproveitando a relação de confiança que foi estabelecendo com a criança “para a forçar a atos sexuais de relevo, em abril deste ano”, informou a PJ em comunicado.

O homem foi presente a primeiro interrogatório judicial, tendo recebido a medida de coação de prisão preventiva.