Internacional

Sete pessoas morreram em avalanches nos Alpes franceses apenas este sábado

De realçar que desde o início da temporada de 2020/2021, já morreram 35 pessoas em avalanches em França, afirma a associação francesa que estuda a neve e as avalanches.

Depois de quatro pessoas terem morrido, este sábado de manhã, nos Alpes franceses, uma segunda avalanche provocou a morte de mais três pessoas devido à subida de temperatura que deixou o manto de neve instável.

As autoridades gaulesas já tinham alertado na sexta-feira para este perigo.

A avalanche mais recente aconteceu pelas 14h00 (13h00 em Lisboa), na área do Monte Pourri que atinge os 3.779 metros no massivo da Vanoise, provocando a morte de três pessoas, informam as autoridades, citadas pela France-Press (AFP).

Já, esta manhã, quatro pessoas com idades entre os 42 e os 76 anos foram vítimas de uma avalanche na comuna de Valloire.

Foram arrastados dois grupos de caminhantes, um de três pessoas e outro de duas. Apenas uma pessoa conseguiu sobreviver a este incidente.

Segundo a AFP, o sobrevivente saiu ileso, em bom estado de saúde.

No local estiveram seis militares de uma unidade de resgate, dois cães especializados e dois helicópteros.

De acordo com a imprensa, ainda houve outra avalanche perto da cidade alpina de Bourg-Saint-Maurice, de que não se conhecem vítimas.

De realçar que desde o início da temporada de 2020/2021, já morreram 35 pessoas em avalanches em França, afirma a associação francesa que estuda a neve e as avalanches.