Vida

Gal Gadot acusa diretor de 'A Liga da Justiça' de ter ameaçado acabar com a sua carreira

A atriz, de 36 anos, contou ainda que “resolveu a situação na hora”.

Gal Gadot, que dá vida à Mulher Maravilha nos filmes da DC Comics, confirmou os rumores que davam conta que Joss Whedon, diretor de ‘A Liga da Justiça’, tinha ameaçado a sua carreira durante as gravações do filme, em 2017.

“Eu tive algumas questões com o Joss, mas lidei com isso. Ele meio que ameaçou a minha carreira. Disse que se eu não fizesse algo, ele iria tornar a minha carreira muito difícil”, contou ao canal israelita N12.

A atriz, de 36 anos, contou ainda que “resolveu a situação na hora”, mas não revelou mais detalhes acerca do incidente.

Joss Whedon já tinha sido acusado de ser “nojento, antiprofissional e completamente inaceitável” nas gravações do filme, pelo ator Ray Fisher. Após as acusações, em 2020, a Warner Media abriu uma investigação para averiguar a sua veracidade, tendo entrevistado vários atores, incluindo Gal Gadot.