Internacional

Regulador norte-americano autoriza uso de emergência da Pfizer em crianças a partir dos 12 anos

Recorde-se que, segundo a farmacêutica, um estudo realizado nos EUA revelou que a sua vacina contra a covid-19 demonstrou uma eficácia de 100% nos adolescentes com idades entre os 12 e os 15 anos.

A Food and Drug Administration (FDA) aprovou, esta segunda-feira, o uso de emergência da vacina contra a covid-19 da Pfizer/BioNTech em crianças entre os 12 e os 15 anos nos Estados Unidos.

O fármaco já estava a ser utilizado a partir dos 16 anos naquele país.

O regulador norte-americano admitiu, em comunicado, que as crianças e adolescentes têm, geralmente, formas mais leves de covid-19 do que os adultos, mas sublinhou que o país já teve cerca de 1,5 milhões de casos em jovens entre os 11 e os 17 anos entre março do ano passado e abril deste ano. 

De realçar que, na semana passada, Joe Biden prometeu atingir a meta de 70% da população vacinada com pelo menos uma dose até 4 de julho.

Recorde-se que, segundo a farmacêutica, um estudo realizado nos EUA revelou que a sua vacina contra a covid-19 demonstrou eficácia de 100% nos adolescentes com idades entre 12 e 15 anos.