Internacional

Pelo menos 11 pessoas morreram num tiroteio numa escola da Rússia

Segundo a agência de notícias Reuters, um dos atiradores, de 17 anos, foi detido pelas autoridades e um segundo foi morto. 


Pelo menos 11 pessoas morreram, esta terça-feira, na sequência de um tiroteio numa escola em Kazan, no centro da Rússia, levado a cabo por dois adolescentes.

Segundo a agência de notícias Reuters, um dos atiradores, de 17 anos, foi detido pelas autoridades e um segundo foi morto. 

A agência russa Interfax revela que a maioria das vítimas mortais são estudantes e um professor. Dois adolescentes morreram ao tentar fugir por uma janela.

Há ainda vários feridos.