Politica

Marcelo diz que há "muitas consequências políticas" a retirar do caso Odemira

Situação “não pode depender de haver problemas de saúde que chamam à atenção” para o caso.


O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou, esta terça-feira em Caminha, que é preciso retirar "muitas consequências políticas" do caso dos imigrantes de Odemira.

"Em relação a Odemira, acho que tem de retirar muitas consequências políticas. Tem de se fiscalizar para saber como é por respeito à legalidade, tem de se apurar se há ou não uma situação que convida àquilo que são atuações criminais, tem de se pensar a sério no problema dos imigrantes que estão cá dentro, que trabalham", afirmou. "Fala-se de inclusão mas a inclusão é muito relativa", acrescentou.

Para Marcelo, a situação “não pode depender de haver problemas de saúde que chamam à atenção” para o caso.