Politica

Festejos dos adeptos sportinguistas? "Vamos esperar que isso não tenha custos para os lisboetas"

Chefe de Estado diz que foi uma noite que "correu bem em termos de alegria", mas "que não correu tão bem em termos de saúde pública" e deixou críticas. 


O Presidente da República comentou, esta quarta-feira, os festejos do Sporting, em que milhares de adeptos se juntaram junto a Alvalade e no Marquês de Pombal, em Lisboa.

“Espero que dentro de 15 dias não tenhamos notícias menos boas por causa da euforia que houve nas ruas de Lisboa. Compreendo que as pessoas se emocionem e que queiram expandir a sua alegria, mas vamos esperar que isso não tenha custos para os lisboetas”, disse Marcelo Rebelo de Sousa, em declarações aos jornalistas, em Arcos de Valdevez.

O Presidente deixou ainda claro que espera que no futuro não se repita uma situação semelhante.

“Aquilo que aconteceu não deve ser padrão para as próximas semanas e meses. Se toda a gente começa a entender que desconfinamento significa não observar regras, isso pode levar a situações que não são boas. Foi uma noite que não correu tão bem em termos de saúde pública, agora não generalizemos”, defendeu.

Marcelo não deixou de apontar críticas às entidades que deveriam ter prevenido os ajuntamentos verificados, mas também a "todos os cidadãos”.

“Quem deve prevenir não conseguiu prevenir. As entidades responsáveis, mas também todos os cidadãos. Deve haver um comportamento cívico”, considerou.