Sociedade

Editor de Política da Lusa demite-se após notícia que identificava deputada "de modo inaceitável"

Foi ainda instaurado um processo de “averiguações ao jornalista Hugo Godinho” com o objetivo de “apurar as circunstâncias em que a notícia foi elaborada”. 


O diretor de Política da agência Lusa, José Pedro Santos, apresentou, esta sexta-feira, a sua demissão após a polémica com uma notícia que identificava “de modo inaceitável” uma deputada no Partido Socialista (PS).

"Na sequência da notícia transmitida ontem [quinta-feira] na linha da Lusa, identificando de modo inaceitável uma deputada do Partido Socialista, a Direção de Informação comunica que o editor de Política, José Pedro Santos, pediu a demissão do cargo, que foi aceite", refere a Direção de Informação (DI) da Lusa, num comunicado enviado à redação.

Foi ainda instaurado um processo de “averiguações ao jornalista Hugo Godinho” com o objetivo de “apurar as circunstâncias em que a notícia foi elaborada”. A DI da Lusa sublinha também o “dano moral e reputacional provocado na imagem da agência”.